Documento sem título

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
 
Documento sem título
 
 

 
 
Pesquisa da EBD
Aliança Batista Mundial
Seminário Teológico Batista de Niterói
Ministério OIKOS
Junta de Missões Nacionais
Junta de Missões Mundiais
Convenção Batista Fluminense
Convenção Batista Brasileira
 
Contadores de Acesso:
Total de visitas: 158364
Visitas hoje: 9
Documento sem título
 
 
  Estudo
 
 
SE OS HINOS FALASSEM (MÚSICA)
 

O HINO DA MALA

O jovem poeta em questão pertencia a uma família rica. Ele, no entanto, sempre foi generoso com suas posses, distribuindo-as entre amigos. Quando criança, tal atitude levou sua mãe a costurar o dinheiro no forro de sua roupa, quando ele ia à escola. Ele se chamava Reginald Heber. Sempre aplicado, ele tinha como referência o Sir Walter Scott, homem de destaque na literatura inglesa.

Mais tarde, pastoreou uma igreja anglicana numa cidade pequena da Inglaterra. Foi durante este pastoreio que ele escreveu a maioria dos seus hinos, embora não pudesse cantá-los em sua igreja por determinação superior. Merece destaque um dos hinos mais cantados: "Santo, Santo, Santo? (nº 09 do Cantor Cristão). Este hino foi baseado em Ap. 4:8-11. Este e tantos outros hinos só foram descobertos 35 anos após sua morte, quando sua esposa abriu a antiga mala da família onde ele guardava essas relíquias.

A melodia deste hino "Santo, Santo, Santo? recebeu o nome de Nicacea, autoria do Dr. John B. Dykes, um dos maiores compositores da hinologia inglesa. Além deste, há outros 4 hinos de sua autoria (74, 177, 355 e 394).

 

O COMPOSITOR MILIONÁRIO

Ele se chama Will Lamartine Thompson. Compositor de música popular, recebeu esse nome de "compositor milionário? porque de fato ficou rico através da execução de suas músicas. Veio de uma família presbiteriana. Começou a tentar avançar com sua carreira, tentando gravar 4 de suas canções, no entanto, iria receber muito menos do que pretendia. Decidiu então publicá-las por conta própria. O sucesso foi grandioso. Não se envaideceu com a riqueza, pelo contrário, sempre foi simples, mantendo firmes os princípios cristãos herdados dos seus pais. Decidiu mais tarde compor apenas músicas sacras. Conheceu o famoso evangelista Moody. Will foi visitar Moody, em seu leito de morte e ouviu de Moody as seguintes palavras: "Will, preferia ter escrito o seu hino ?Manso e Suave?, mais do que qualquer outra coisa que tenha feito em minha vida inteira?. Além da letra, Will também compôs a música que cantamos.

 

A POESIA DO JORNAL

O grande evangelista Moody tinha um companheiro que o ajudava com a música durante suas conferências. Seu nome é Ira David Sankey. O hino em questão é o nº 39 do Cantor Cristão, "A Ovelha Perdida?. A autora desta eloqüente poesia é a escocesa Elizabeth Clephane. Sankey comprou um jornal de sua terra, a Escócia, para obter notícias. Encontrou mesmo esta belíssima poesia. Ele a recortou do jornal e guardou em um livro. Dias depois, Moody falou sobre "O Bom Pastor?, passou a palavra para Dr. Bonar que pregou rapidamente, comovendo os ouvintes. Neste instante, perguntou se Sankey tinha um hino para cantar ao final da reunião que tivesse relação com tais palavras. Compelido por uma voz dentro de si aceitou o desafio de cantar o número que havia encontrado no jornal, pedindo a Deus que o ajudasse de modo que o povo pudesse ouvi-lo e entendê-lo. Houve pleno êxito, tanto que não houve alteração na melodia até hoje. A autora já havia falecido, mas sua irmã estava presente no dia em que ela foi cantada pela primeira vez. Ela se surpreendeu ao ouvir a poesia de sua irmã sendo cantada. Foi assim que Sankey descobriu a autora desta bela poesia.O tradutor para o português foi Robert Reid Kalley, médico escocês, que também criou escolas e pregava o evangelho. Temos no Cantor Cristão 30 hinos traduzidos por ele ou de sua autoria.

 

UM HOMEM MARCADO PELA SUA TRAGÉDIA

Na véspera do seu casamento, Joseph Scriven, perde sua noiva em um acidente que culminou com seu afogamento. Isso o abalou profundamente, mas sua vida exemplar e caridosa, expressavam Deus. Anos depois, ao receber uma carta de sua mãe, que estava muito doente e aflita, ele orou a Deus, sentou-se e escreveu a poesia "Orai sem cessar? destinada à sua mãe. Quando estava prestes a se casar novamente, sua noiva contraiu tuberculose, vindo a falecer. Um amigo, o Sr. Jayme Sackville, encontrou a poesia em um álbum de Joseph e perguntou quem havia escrito, ao que ele respondeu "O Senhor e eu o fizemos juntos?. A melodia desta poesia chama-se ?Converse?, cujo autor é o Dr. Charles C. Converse, americano.

 

SUA SORTE ERA OUTRA

A história conta que uns jovens obrigaram uma cigana a ler a sorte deles. O jovem Robert Robinson ouviu as seguintes palavras: "você rapaz, viverá para conhecer os seus netos e bisnetos?. Ele então refletiu sobre como tornar sua vida mais útil. Foi durante uma conferência ministrada por George Whitfield que as coisas começaram a mudar. Robert foi até o local da conferência para envergonhar os crentes, porém ouviu a mensagem e se converteu, tornando-se também um pregador. Ele escreveu o hino "Fonte, Tu, de Toda Benção?. É uma espécie de autobiografia. A música é de John Wyatt, norte-americano.

 

A CEGA TALENTOSA

Fanny Crosby, perdeu sua visão quando ainda era bebê. Um médico prescreveu um tratamento errado para sua dor nos olhos, resultando em cegueira completa por toda sua curta vida. Desenvolveu seu talento desde a infância. Compôs de 2000 a 6000 hinos, dentre os quais, destacamos "Que Segurança, Sou de Jesus? (nº 375), "Quero Estar ao Pé da Cruz? (nº 289), "Mais Perto da Tua Cruz? (nº 292). Seus hinos foram criticados por conta do conteúdo literário, ela porém rebatia que nunca tentava escrever um hino sem antes se ajoelhar e orar.

 

A INVÁLIDA REBELDE

Esta é Charlotte Elliot, de família cristã. Era rebelde, talvez por conta de sua enfermidade e muitos sofrimentos que experimentou. Ela era cética quanto à religião porque não aceitava um Deus que a tratava assim com doenças. Deus transformou este contexto triste em instrumento para abençoar vidas. Ela escreveu mais de 150 hinos. Um dia o Dr. Malan a visitou e quando ele falou sobre religião, ela o repudiou. Duas semanas depois, ela foi ao Dr. Malan, dizendo que procurou o Senhor, mas não sabia onde ou como encontrá-lo. Aceitou a Jesus depois que o Dr. Malan disse que ela poderia ser recebida por Deus tal qual estava. Naquela noite, baseada em Jo. 6:37, ela escreveu a poesia que se tornaria mais tarde um dos mais conhecidos hinos de apelo. Trata-se do hino "Tal Qual Estou?, cuja melodia foi criada por William B. Bradbury. Há outros célebres hinos de sua autoria, como "Ouve-nos Pastor Divino? (nº 152), entre outros.

 

O PREGADOR DOS MARINHEIROS

O jovem Edward Hopper nasceu e viveu em New York. Estudou no Union Theological Seminary,recebeu posteriormente grau de Doutor em Divindades, oferecido pelo Lafayette College. Só se afastou um pouco de sua terra quando pastoreou uma igreja presbiteriana em Sag Harbor. Ele tinha grande interesse pelos marinheiros que andavam em seu bairro, chegando a escrever vários hinos para eles. Chegou a pastorear a "Igreja de Terra e Mar?, onde seus hinos eram cantados. Merece destaque o hino "Guia, Cristo, Minha Nau?. O autor da melodia chama-se John Edgar Gould. A tradução que encontramos no Cantor Cristão foi feita por William E., Entzminger, seguindo fielmente a letra de Hopper.

 

O MAIOR HINO, DO MAIOR HOMEM, DO MAIOR PERÍODO DA HISTÓRIA DA ALEMANHA

"Castelo Forte é Nosso Deus? foi escrito por Martin Luther, um homem que queria ser advogado. Depois de um grande livramento, decidiu estudar Teologia. Mais tarde, aos 24 anos foi consagrado sacerdote. No ano seguinte foi nomeado professor de Teologia na Universidade de Wittemberg. Ele chamou o povo a ler a Bíblia, desafiando a autoridade infalível do papa. Ele foi autor de cerca de 37 hinos, tradutor da Bíblia para o alemão, liderou uma reforma religiosa que abalou o mundo no século XV. Sobre este hino tão mavioso, ele foi autor da melodia também, baseando-se no Salmo 46. Ele escreveu este hino quando tinha 46 anos.

 

O HINO NOVO QUE É VELHO

Carl Boberg, um poeta sueco, escreveu um hino muito conhecido chamado "Quão Grande És Tu?, que já recebeu vários títulos similares. A proposta é que este hino surgiria como um dos "hinos novos?, tornando-se mais populares na década de 1950. Esta bela poesia foi traduzida para vários idiomas, entre eles o alemão, o polonês e o russo. O percurso deste hino pelo mundo levou-o ao inglês pelo professor E. Gustav Johnson e pelo Reverendo Stuart, ambos sem saber do trabalho do outro. Mesmo assim, os pensamentos de Boberg foram preservados. Este hino ganhou mais impulso quando foi entoado por Beverly Shea, cantor que fazia parte da equipe de Billy Graham, alcançando ainda mais todo o mundo. Chegou ao Brasil em 1910, quando foi traduzido por João Gomes da Rocha, sendo mais tarde escolhida a tradução do Pr. Paulo de Tarso Prado da Cunha, por apresentar maior relação com critérios de uniformidade.

 

BIBLIOGRAFIA

ICHTER, Bill H. Se os Hinos falassem. Volume I. Ed. Juerp, Rio de Janeiro, 1987. 4ª edição. 52 p.

Resumo elaborado por Roberto Teles da Silva.


 
 
 
 
 
 
 
 
Documento sem título
 
       
Todos direitos reservados: Igreja Batista Central em Trindade 2009-2011   Desenvolvido por Clandevelop
R. Dr. Humberto Soeiro de Carvalho, 779, Trindade, São Gonçalo - RJ
Tel.: (21) 2701-8546